Início Notícias Adelaide Kane Galeria Site AKBR TV
Bem-vindo ao Adelaide Kane Brasil, a sua primeira e mais completa fonte sobre a atriz Adelaide Kane. Aqui você vai encontrar diversos vídeos, entrevistas, fotos e diversas notícias. Acesse a nossa galeria para diversas fotos em HQ da Adelaide. Site criado de fãs para fãs com o intuito de os manter informado. Acompanhe nossas redes sociais para ter sempre o melhor conteúdo.
1
julho
2016

Reign: As diferenças entre a ficção e a realidade

Como é de conhecimento geral, a série “Reign” é inspirada no período histórico existente no século XVI. Mas, há algumas diferenças entre essa trama e o que realmente aconteceu, essas diferenças têm como objetivo tornar a série mais envolvente, porém algumas delas chegam a ser bastante curiosas!

A primeira diferença, é encontrada na árvore genealógica dos “Valois”. Na série, Henry e Catherine tiveram 9 filhos, no entanto, na realidade esse número é um pouco maior, o casal teve 12 filhos. Adicionalmente, em “Reign”, Francis possuí dois meios-irmãos, Sebastian e Clarissa, na realidade haviam 3 filhos ilegítimos, todos eles gerados pelo rei Henry II, e nenhum desses era Sebastian. Não há também nenhuma evidência da existência de Clarissa fora da série. Historicamente, Francis não teve nenhum filho com Mary – assim como na série – mas também não teve nenhum filho com nenhuma das damas de Mary, como acontece em “Reign” em que ele e Lola têm um filho.

Podem conferir abaixo a árvore genealógica real do período em questão:

Valois

Passando agora a assuntos tratados na série em si, Mary é enviada pela sua mãe para um convento em França, no qual ela passa toda a sua infância, mas isso não aconteceu na história real. Mary foi enviada sim para França ainda quando criança, mas foi criada na Corte Francesa.

As verdadeiras damas de Mary tinham todas o mesmo nome que a rainha e eram conhecidas como “4 Marys”, contudo, no seriado as elas se chamam Lola, Greer, Kenna e Aylee. Continuando no assunto das damas, a relação entre o rei Henry II e Kenna é também apenas ficção, Henry nunca se envolveu com nenhuma das damas de Mary.

No episódio “Kissed” aparece um novo personagem, Tomás de Portugal, que chegou a ser um forte candidato a casar com Mary devido à sua disponibilidade em providenciar um exercito para defender a Escócia, mas, na realidade, nunca existiu nenhum Tomás de Portugal.

Por sua vez, no episódio “Snakes In The Garden”, Charles fica noivo de uma garota nobre chamada Madeline. Historicamente, o noivado – e mais tarde casamento – acontece com a Arquiduquesa Elisabeth da Aústria.

Já no episódio “Inquisition” Catherine é acusada de adultério e de ter uma filha ilegítima fruto dessa relação extra conjugal, mas na realidade, esse adultério nunca existiu, ela realmente amava Henry, e além disso, para uma rainha, adultério era considerado uma grande traição punível com a morte.

Uma outra cena, que historicamente é completamente falsa é o homicídio de Diane por parte de Catherine. Na série, Catherine assassina a ex-amante do rei pois ela tinha sido responsável pela morte das suas duas filhas gémeas, mas, na verdade, Diane faleceu após ter vivido confortavelmente num château – já que teria sido banida da corte por Catherine –, a causa da sua morte foi auto-envenenamento inconsciente devido ao ouro líquido que ela bebia regularmente, acreditando que isso preservaria a sua juventude. Por outro lado, na história real as gémeas existiram sim (Victoria e Joanna), mas elas não foram assassinadas, Joanna faleceu ainda no útero de Catherine, e Victoria faleceu 7 semanas depois de nascer.

Em “Reign”, Francis morre heroicamente depois de defender a sua esposa de um ataque de assassinos, mas a morte verdadeira de Francis não foi bem assim. Francis faleceu devido a uma infeção no ouvido.

Após a morte de Francis, o corpo do monarca é levado para ser cremado, mas na realidade, ele foi transportado para a Basílica de St.Denis, onde o corpo é mantido, ou seja, não houve cremação.